Continua após a publicidade.
ad

O avanço tecnológico tem, ao longo do tempo, afetado várias áreas de atividade com mudanças significativas. A transformação mais atual está relacionada com o aparecimento do ChatGPT, e outras ferramentas similares, e o seu impacto no mercado de trabalho, bem como as profissões mais afetadas pela Inteligência Artificial (IA).

A IA está amplamente presente em diversos setores de atividade, mas também há muito que já faz parte do nosso dia a dia, mesmo sem percebermos. A internet tornou-se uma das principais fontes de informação, educação e entretenimento, e as aplicações da IA são já inúmeras.

Quando utilizamos o reconhecimento de voz da Apple ou do Google, quando o YouTube gera legendas automáticas para vídeos, ou ainda quando utilizamos o tradutor do Google, estamos a incorporar a Inteligência Artificial na nossa rotina diária. No entanto, qual é o impacto desta tecnologia no mercado de trabalho?

O que é a Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial (IA) é um campo da ciência da computação que desenvolve sistemas capazes de realizar tarefas que, normalmente, exigiriam a inteligência ou intervenção humana. O objetivo desta tecnologia é criar máquinas capazes de raciocinar, aprender, perceber, tomar decisões e resolver problemas de forma semelhante aos seres humanos.

A IA envolve o uso de algoritmos e modelos matemáticos complexos que permitem às máquinas analisar grandes quantidades de dados, reconhecer padrões, aprender com exemplos e tomar decisões com base neste conhecimento.

Existem diferentes abordagens e técnicas dentro da IA que incluem o processamento de linguagem natural, visão computacional, robótica e tomada de decisão automatizada.

Continua após a publicidade..

A IA tem sido aplicada em vários setores de atividade como, por exemplo, Saúde, Finanças, Transporte, Educação, Entretenimento, entre outros, trazendo benefícios e transformações significativas nas diversas áreas da sociedade.

Conheça as profissões mais afetadas pela Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial é, por assim dizer, um tema que divide opiniões. Empresas como a Microsoft ou a Google afirmam que os programas de conversação simulada, conhecidos como chatbots, são assistentes ou co-pilotos para os utilizadores em geral. No entanto, muitos especialistas afirmam que este tipo de tecnologia irá mudar muitas profissões, tornando o trabalho mais simples e rápido, substituindo profissionais ou criando novas profissões.

De acordo com um relatório do Grupo Goldman Sachs, cerca de 300 milhões de empregos podem ser afetados pela IA, o que significa que, globalmente, 18% do trabalho pode ser automatizado.

Dados compilados pelo Instituto de Inteligência Artificial da Universidade de Stanford indicam que, em 2022, surgiram quase 800 mil novas vagas de emprego relacionadas com IA nos Estados Unidos.

Continua após a publicidade..

Segundo um artigo da Microsoft, que tem investido na OpenAI – a empresa criadora do ChatGPT – a versão mais recente deste chatbot possui capacidades para resolver “tarefas novas e difíceis” com desempenho comparável ao ser humano em áreas como Matemática, Programação, Medicina, Direito e Psicologia.

Quais as áreas e as profissões afetadas?

Robert Seamans, professor da Universidade de Nova Iorque, envolvido num estudo sobre o impacto dos modelos de linguagem, como o ChatGPT, GPT-4, Bing e Bard, nas profissões, destacou o telemarketing como a profissão mais suscetível a mudanças nesta modelagem linguística.

Assim, as cinco profissões mais afetadas pela inteligência artificial que surgem na lista deste estudo são:

  1. profissionais de telemarketing;
  2. professores universitários de língua e literatura inglesa;
  3. professores universitários de língua estrangeira;
  4. professores universitários de história;
  5. e professores universitários de direito.

No entanto, alguns estudos também apontam que áreas como contabilidade, tradução, ensino, programação, sociologia, ciência política, mediadores, juízes e magistrados, bem como finanças e investimento podem ser afetadas pela IA.

A mesma tendência aplica-se a matemáticos, intérpretes e escritores, de acordo com um estudo realizado por investigadores da Universidade da Pensilvânia e da OpenAI.

De referir que isto não significa que desapareçam as profissões ou os profissionais destas áreas. A Inteligência Artificial poderá complementar e facilitar o trabalho realizado.

É possível a adaptação à mudança nas profissões mais afetadas pela inteligência artificial?

Embora algumas profissões possam ser negativamente afetadas e até desaparecerem em determinadas áreas, também há novas oportunidades a surgir através desta transformação. Por isso, a adaptação e o desenvolvimento de competências relevantes para as exigências da IA são essenciais para os profissionais enfrentarem os desafios e aproveitarem as oportunidades que surgem neste cenário em constante evolução.

Para se preparar para o futuro, é assim importante desenvolver competências digitais, focar-se na aprendizagem contínua, ficar atento às tendências do mercado de trabalho e trabalhar a capacidade de se adaptar. Além disso, importa ainda cultivar as competências interpessoais relacionadas com a forma como pensamos, trabalhamos e nos relacionamos com as outras pessoas.

Algumas das principais soft skills incluem pensamento crítico, capacidade para tomar decisões complexas, inteligência emocional e empatia, criatividade, colaboração e trabalho em equipa e competências de comunicação interpessoal.

Share.