James Webb descobre galáxias espirais barradas mais antigas conhecidas
Continua após a publicidade.
ad

O James Webb Space Telescope (JWST) da NASA foi capaz de detectar duas galáxias espirais barradas, as mais antigas e distantes conhecidas até agora.

JWST detecta galáxias espirais barradas mais antigas conhecidas

A Via Láctea é uma galáxia espiral barrada, cujos braços espirais giram em torno de uma barra alongada em vez de um núcleo esférico de estrelas.

A Via Láctea é uma galáxia espiral barrada

Essas duas galáxias, chamadas EGS-23205 e EGS-24268, têm cerca de 11 bilhões de anos de idade. Além disso, o JWST detectou outras quatro galáxias espirais barradas mais próximas, com cerca de 8 bilhões de anos de idade.

JWST detecta duas galáxias espirais barradas com 11 bilhões de anos de idade

Continua após a publicidade..

As barras podem ajudar no crescimento de buracos negros supermassivos e também transportar gás para formar novas estrelas.

Algo estranho está acontecendo na atmosfera de Júpiter

As barras podem ajudar no crescimento de buracos negros supermassivos e formação de novas estrelas

A descoberta de barras tão cedo na história do universo é emocionante para entender a evolução das galáxias e pode desafiar os modelos atuais.

Continua após a publicidade..

A descoberta de barras tão cedo na história do universo é emocionante para a compreensão da evolução das galáxias

Os modelos atuais precisam explicar a presença de tais barras tão cedo no universo, o que pode ser um desafio.

Os modelos atuais precisam explicar a presença de tais barras tão cedo no universo

O JWST continuará a fornecer dados valiosos para ajudar os astrônomos a entender como as galáxias evoluíram e se transformaram ao longo do tempo.

JWST fornecerá dados valiosos para entender a evolução das galáxias ao longo do tempo

A pesquisa foi  aceita para publicação no The Astrophysical Journal Letters ,

Share.