Continua após a publicidade.
ad

A Casa da Moeda do Brasil produz milhares de moedas diariamente. E, devido a essa alta produtividade, às vezes surgem erros no sistema de produção. Na maioria das vezes, esses erros são extremamente discretos. Entretanto, os que são notados podem ser valorizados pelos numismatas, pessoas colecionam tais objetos raros. E, assim, uma simples moeda pode valer muito dinheiro, como é o caso dessa moeda de cinquenta centavos. Saiba mais sobre no texto abaixo!

Moeda possui particularidade que a torna extremamente rara e valiosa. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Como vender uma moeda rara?

Antes de saber de qual moeda estamos falando, você precisa saber como vender uma moeda rara. Primeiramente, é necessário entrar em contato com um especialista em numismática. Dessa forma, poderá avaliar a condição do seu objeto, quanto vale e também qual o melhor local para vendê-lo.

Além disso, também é possível procurar por plataformas online, como o Mercado Livre e a OLX. Em ambas as plataformas, é possível anunciar a moeda e negociar com os que se interessarem. Nesse caso, como a negociação é online, é preciso tomar cuidado com pessoas mal-intencionadas, a fim de evitar golpes ou fraudes. Sempre esteja atento aos dados do comprador, transferências e outros detalhes que possam indicar fraude. Em nenhuma circunstância compartilhe seus dados pessoais e senhas particulares.

Continua após a publicidade..

Ademais, a terceira opção é participar de leilões específicos para itens raros. Essa também pode ser a melhor opção, pois nesses leilões existem colecionadores que estão dispostos a pagar altos valores por itens incomuns. Entretanto, nos leilões é preciso pagar a comissão do leiloeiro. Dependendo do valor de venda da moeda, esse é apenas um detalhe.

Veja também: Moeda de R$ 1,00 pode ser VENDIDA por aproximadamente R$ 200: você tem uma na carteira? 

Continua após a publicidade..

Moeda de CINQUENTA centavos rara, conheça

Existem diversos motivos que fazem uma moeda ou um objeto ser raro. Por exemplo, a quantidade produzida, contexto histórico da produção, estado de conservação, dentre outros aspectos. Ademais, quanto menor a oferta da moeda e maior a demanda, mais rara ela será.

Ademais, como já mencionado, erros de cunhagem também tornam certas moedas raras. A produção da Casa da Moeda do Brasil é extremamente padronizado e, por isso, os erros são incomuns. Sendo assim, quando ocorrem, são valorizados e a moeda se torna rara. A saber, esse é o caso da moeda especial de cinquenta centavos, que foi impressa sem o zero do 50.

Sendo assim, essa moeda parece com uma de apenas cinco centavos, mas ainda assim possui o valor e identidade visual de cinquenta centavos. Foram produzidas 40 milhões de unidades com tal erro. Entretanto, uma vez que essa questão foi identificada, as moedas pararam de ser liberadas para o mercado. Por isso, existem apenas 40 mil unidades em circulação no Brasil.

O valor dessa moeda pode chegar a R$ 1.800. Por isso, caso encontre alguma unidade, guarde-a e siga as dicas acima para uma boa negociação. Além disso, outras moedas também podem ser consideradas raras, como as comemorativas. Aproveite para procurá-las e, dessa forma, investir no ramo de numismática.

Veja também: Moeda “beija-flor“ de R$ 1,00 pode ser vendida por até R$ 7 MIL: você pode ter uma na carteira 

Share.