Continua após a publicidade.
ad

Esse texto descreve uma situação em que Dois reservatórios  de água, ambas retangulares e interligadas por uma tubulação retangular.

Equilíbrio de água em reservatórios interligados por tubulação retangular

estão sendo preenchidas com água. Inicialmente, apenas a primeira reserva está cheia, enquanto a tubulação e a segunda reserva estão vazias. Quando a válvula é aberta, a água flui para a tubulação e para a segunda reserva até que os dois reservatórios tenham o mesmo nível de água.

Para determinar qual seria esse nível, é necessário considerar as dimensões dos reservatórios e da tubulação. A figura fornecida no texto mostra que o primeiro reservatório tem comprimento e largura de 3 metros e profundidade de 2,5 metros, enquanto o segundo reservatório tem comprimento e largura de 4 metros e profundidade de 2 metros. A tubulação tem comprimento de 3 metros, largura de 0,5 metros e profundidade de 2 metros.

Continua após a publicidade..

Com base nas dimensões dos reservatórios e da tubulação, é possível calcular a capacidade de cada um deles. A capacidade do primeiro reservatório é 3 x 3 x 2,5 = 22,5 metros cúbicos, enquanto a capacidade do segundo reservatório é 4 x 4 x 2 = 16 metros cúbicos. A capacidade da tubulação é 3 x 0,5 x 2 = 3 metros cúbicos.

Continua após a publicidade..

Quando a válvula é aberta, a água flui da primeira reserva para a tubulação e da tubulação para a segunda reserva até que a quantidade de água seja igual em ambas as reservas. Essa quantidade de água será igual à capacidade da tubulação, ou seja, 3 metros cúbicos. Portanto, o nível de água final nos dois reservatórios será de 3/22,5 = 1/7,5 x 2,5 = 0,33 x 2,5 = 0,825 m.

A resposta correta A) 2,25 m

Share.