Continua após a publicidade.
ad

As transações financeiras ganharam novos rumos desde que o pix foi criado e rapidamente se popularizou. O método de pagamento oferece a vantagem de ser gratuito e instantâneo, o que fez ele ganhar vários adeptos em pouco tempo, se consolidando como uma iniciativa de sucesso do Banco Central. Mas quem utiliza o pix precisa ter alguns cuidados.

O fato do dinheiro ser transferido de forma instantânea requer uma atenção extra no momento de inserir os dados da transação, sendo preciso verifica o nome da pessoa, os dados bancários e o valor. Isso porque em caso de erro será mais complicado cancelar a operação e conseguir o dinheiro de volta.

Além disso, o fato de muitas pessoas enviarem e receberem dinheiro através do pix também se tornou uma maneira dos criminosos aplicarem golpes. Inclusive tem um novo golpe financeiro sendo aplicado, de forma que parece ser uma boa oportunidade para ter uma renda extra. Fique alerta para não ser vítima da ação que vamos explicar a seguir.

Continua após a publicidade..
Golpe da renda extra está atraindo jovens que buscam ganhar dinheiro de forma fácil. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Alerta para quem utiliza o pix e busca uma renda extra

A ação dos criminosos está sendo chamada de golpe da renda extra, já que é aplicado justamente com esta falsa promessa. Tudo começa com uma oportunidade que parece ser muito boa, consiste em uma empresa que entra em contato por meio do WhatsApp com a proposta de ganhar dinheiro a partir de algo que parece ser marketing digital.

São prometidos ganhos que variam de R$ 10 a R$ 350 por dia e existe até mesmo conversas que indicam um salário mensal entre R$ 10 mil e R$ 30 mil. Consiste em uma falsa oportunidade de investir e multiplicar o dinheiro. É o terceiro tipo de golpe mais comum envolvendo o pix, sendo que as principais vítimas são pessoas na faixa etária de 18 a 29 anos de idade.

Sempre que surgir uma oportunidade que pareça ser excelente, desconfie. Pesquise informações sobre a empresa, busque o CNPJ e na dúvida não faça nenhuma transferência e não forneça seus dados pessoais e bancários.

Continua após a publicidade..

Veja também: Banco Central anuncia GRANDES mudanças para o PIX e brasileiros vão à loucura; confira!

Como o golpe é aplicado?

As pessoas precisariam enviar o nome e a chave pix pelo WhatsApp. Em seguida, as vítimas são inseridas em grupos do Telegram com muitas pessoas, mas que somente o administrador pode mandar mensagens. A partir de então começam a ser enviadas tarefas fáceis diárias, que precisam ser realizadas para receber o suposto pagamento.

Eles pedem que as pessoas enviem prints mostrando que cumpriram a atividade para que o dinheiro seja depositado. Após alguns dias surge a suposta oportunidade de aumentar o valor recebido a partir de investimentos em bitcoins, sendo indicado que seja feita uma compra de uma cota inicial para recebimento posterior.

Só que os investimentos vão aumentando, a pessoa é excluída do grupo no Telegram e fica com o prejuízo. A orientação é para que as vítimas registrem um boletim de ocorrência formalizando a queixa. Infelizmente é difícil conseguir o dinheiro perdido de volta, pois a empresa não tem CNPJ e o domínio do site é alterado de forma constante, justamente para não deixar rastros.

Veja também: Golpistas aplicam novo GOLPE via PIX; tudo começa com R$ 20

Share.