Continua após a publicidade.
ad

O score de crédito é uma métrica que avalia a confiabilidade de um indivíduo ou empresa para cumprir suas obrigações financeiras. Essa pontuação, geralmente variando de 0 a 1000, é amplamente usada por instituições bancárias para determinar a elegibilidade de um indivíduo para empréstimos, cartões de crédito e outros serviços financeiros. Uma pontuação mais alta indica um histórico de crédito sólido, enquanto uma pontuação mais baixa pode indicar riscos financeiros.

Por isso, manter e melhorar o score de crédito é fundamental para garantir acesso a oportunidades financeiras favoráveis. Nesse sentido, veremos a seguir um guia oficial para aumentar seu score. Não perca!

Aumento rápido do score de crédito! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Não seja um inadimplente

Primeiramente, a dica mais valiosa que se pode dar a um consumidor no Brasil é: não seja um inadimplente! Afinal, ser um inadimplente no Brasil pode acarretar uma série de prejuízos e riscos financeiros significativos.

A inadimplência, que ocorre quando um indivíduo ou empresa não cumpre com suas obrigações financeiras, pode ter várias consequências negativas, incluindo restrições de crédito e de serviços, aumento de juros, dificuldades financeiras contínuas, etc.

Assim, uma das consequências imediatas da inadimplência é a restrição no acesso a crédito. Instituições financeiras e empresas de cartão de crédito geralmente evitam conceder empréstimos ou cartões a pessoas com histórico de inadimplência, o que limita as opções financeiras disponíveis.

Continua após a publicidade..

Além disso, mesmo que consigam obter crédito, inadimplentes frequentemente enfrentam taxas de juros mais elevadas. Isso ocorre porque os credores consideram o histórico de pagamento como um indicador de risco. Portanto, os inadimplentes podem pagar mais caro por empréstimos e financiamentos.

Outro fator considerável é que a pendência de débitos pode desencadear um ciclo vicioso de dificuldades financeiras. À medida que as dívidas se acumulam e os juros aumentam, pode ser desafiador para o devedor sair dessa situação, o que pode afetar negativamente sua qualidade de vida.

Algumas empresas prestadoras de serviços, como operadoras de telefonia e empresas de TV a cabo, também podem negar serviços a clientes inadimplentes ou exigir depósitos de segurança elevados.

Continua após a publicidade..

Também é fundamental ressaltar que os credores têm o direito de buscar medidas legais para recuperar dívidas. Isso pode incluir processos judiciais, execuções de bens e até mesmo a inclusão do nome do devedor em órgãos de proteção ao crédito, como o Serasa e SPC.

Saiba mais: Veja como participar do DESCONTÃO do Serasa e regularize seu nome

Guia oficial para aumentar score

Portanto, pensando no quesito inadimplência como um dos fatores que mais restringem o acesso ao crédito para os brasileiros, um guia oficial para aumentar o score chegou como uma ótima notícia.

Antes de saber que guia é esse, vale destacar quais critérios são levados em consideração no cálculo de pontuação dos consumidores pelo Serasa. São eles:

  • compromisso com o crédito;
  • registro de dívidas e pendências;
  • consulta ao CPF; e
  • evolução financeira.

Estes critérios são responsáveis, respectivamente, por 55, 33, 6 e 6% da pontuação do consumidor.

Por fim, se você começar a planejar seus gastos, pagar as contas dentro do prazo e, em caso de ficar apertado nas finanças, renegociar suas dívidas o quanto antes, seu score de crédito aumentará consideravelmente. Isso vai demonstrar para as empresas o quão responsável financeiramente você é e ficará mais fácil obter crédito.

Veja também: Saiba o que deixa o seu SCORE SERASA baixo e veja como aumentar a pontuação

Share.